O gato da árvore dos desejos
O gato da árvore dos desejos
R$ 47,50
Autor(es): Tadeu Sarmento Ilustrador(es): Silvana de Menezes
Tamanho: 19x26cm Páginas: 60 Faixa Etária: A partir de 10/11 anos ISBN: 9786589586029 Categoria: Tema: Assédio e violência infantil; Maravilhoso metafórico ou simbólico Amizade; Relações sociais/comportamento

Usando o universo dos animais, o autor narra a história do gato Pardal que, fugindo de cães, adota uma árvore como moradia. Assim ele conhece uma linda menina de dez anos, que muitas vezes foge para a árvore, porque também tem medo... de cães, ou, como justifica, “sim, sim, não deixa de ser”. Os dois precisam vencer suas dores e medos e vão contar com os pássaros para ajudá-los.

  • Conversar sobre os aspectos simbólicos da história e sobre assuntos ligados aos sentimentos das personagens, como a amizade, a solidão e principalmente o medo.
  • Pedir comentários sobre a escolha do título. Que desejos a árvore abrigava? Na Psicanálise a árvore é símbolo da mãe, do desenvolvimento psíquico espiritual, da morte e do renascimento. Sugerir uma pesquisa sobre outros simbolismos da árvore. Se possível, acessar comentários sobre o livro A vida secreta das árvores, do engenheiro florestal Peter Wohleben, no “Conversa com Bial”, 15 de março de 2021, TV Globo.
  • Observar com os alunos os recursos usados pela ilustradora (cores, traços, cores do fundo, efeitos de luz e sombra, etc.) ao narrar com imagens a história que, em sua grande parte, se passa numa árvore. É possível dizer que a árvore, cenário principal, é também personagem?
  • Roda de conversa: a significação essencial desta obra reside na percepção do seu nível metafórico ou simbólico. Pedir comparações entre as atitudes do Pardal e as atitudes da menina Raia em relação aos seus medos. O medo dos cães. Os tipos de “cães” que mais aterrorizam. Perguntar se o “assédio e violência infantil”, assunto penoso e necessário, já foi ou é discutido em casa. O que os alunos acham que a escola pode fazer para aprofundar esse conhecimento. Sugerir pesquisas em cartilhas educativas gratuitas. Há muitas sugestões na Internet.
  • Diálogo entre textos: sugerir a leitura do livro Leila, de Tino Freitas, Abacatte Editorial. Num debate em classe, verificar as analogias entre Leila e O gato da árvore dos desejos.
  • Produção de texto: o autor Tadeu Sarmento, ao narrar a sua história, deixa ver um sensível e cuidadoso trabalho com a linguagem. Propor a criação de um poema ou de um miniconto inspirado em alguma das expressões que ele usou no livro:
  • a) “A Lua tinha saído mais cedo para se despedir do dia, mas ainda estava claro.” -(p. 16).
  • b) ”Nunca mais, por enquanto.” - (p. 20).
  • c) “(...) mas a melhor saída para quem está perdida é deixar que outros a encontrem.” - (p. 34).
  • d) ”Pensava na escuridão e no quanto ela pode ser perigosa para uma criança.” - (p. 47).
  • e) “Às vezes, Pardal, é preciso fazer uma viagem grande pra descobrir aquilo que está mais perto da gente.” - (p. 59).