A mulher que não sabia guardar segredos
A mulher que não sabia guardar segredos
R$ 45,00
Autor(es): Ilan Brenman Ilustrador(es): Renato Moriconi
Tamanho: 21,5cm x 28cm Páginas: 32 Faixa Etária: a partir de 8/9 anos ISBN: 9788562549380 Categoria: Tema: Aventura/suspense/mistério - Descoberta/humor Ficção histórica - Folclore/contos populares - Relações sócias/comportamento; Capa Dura

Cornélia, a mulher de Plutarco, era a pessoa mais curiosa e fofoqueira da Roma Antiga. Ao perceber que algo muito sigiloso acontecia no Senado romano, não aguentou e perguntou ao marido o que estava acontecendo, prometendo-lhe um jantar especial. Assim que soube, tratou de espalhar o caso, modificando-o um pouco. A confusão se instaurou, quando Cornélia o contou à a sua escrava, que o contou a um jovem escravo, que o espalhou para todos os que se reuniam na praça. O certo é que, a partir daí, a fofoca tomou novos e engraçados caminhos.

  • Pesquisar sobre a Roma Antiga e alguns de seus costumes. Se possível, entrevistar um professor de História da escola para saber mais sobre a época em que se passa a narrativa.
  • Debater sobre: fofoca, intriga, curiosidade, estabelecendo relações com a história lida e com fatos cotidianos de nossa época.
  • Conversar sobre as artimanhas de Cornélia para convencer o marido a falar.
  • Propor uma apresentação em grupos sobre os detalhes da ilustração (cores, traços, humor, livre interpretação, etc.) a que o ilustrador se refere em "Fofocas visuais", p.31.
  • Lembrar e comentar: informações de cunho histórico veiculadas nesta narrativa popular, como a figura e função do senador; o uso da toga e a origem da palavra "candidato".
  • Produção de texto: incentivar a turma a imaginar e a redigir uma história bem interessante e/ou maluca: "A verdadeira história da cotovia de capacete e uma lança presa ao bico".
- Obra selecionada para o Catálogo de Bologna 2013
- FNLIJ 2013 - Altamente recomendável Reconto